Figuras de linguagem são recursos de expressão, utilizados por um escritor, com o objetivo de ampliar o significado de um texto ou também para suprir a falta de termos adequados em uma frase. É um recurso que dá uma grande expressividade ao texto literário. Hoje iremos aprender três tipos de figuras de linguagem:

  • Ironia   

ironia consiste no emprego de uma palavra ou expressão de forma que ela tenha um sentido diferente do habitual e produza um humor sutil. Para que a ironia funcione, esse jogo com as palavras deve ser feito com elegância, de uma maneira que não deixe transparecer imediatamente a intenção. Em poucas palavras, é a representação do contrário daquilo que se afirma.

Exemplo: É tão inteligente que não acerta nada.

 

  • Metáfora

            A metáfora é um tipo de comparação, mas sem os termos comparativos (tal comocomosão comotanto quanto etc). Na metáfora, a comparação entre dois elementos está implícita, trazendo uma relação de semelhança entre eles.

 

     Exemplos: Tempo é dinheiro. Marcela é uma flor.

  • Eufemismo

 

O eufemismo ocorre quando utilizamos palavras ou expressões que atenuam e substituem outras que produzem um efeito desagradável e chocante.

 

   Exemplo: Faltei com a verdade ao dizer que fui à igreja.

 

A expressão e o impacto negativo que a palavra “menti” traria à mensagem é "suavizado" ao dizer que "faltei com a verdade".

Comentários

1) Qual é a figura de linguagem presente nas mensagens abaixo?

  1. Esta questão é apenas a “ponta do iceberg”.
  2. Entregou a alma a Deus.
  3. A vida é uma nuvem que voa.
  4. “Puxa, que bom que o elevador quebrou! Agora só teremos que subir 12 lances de escada.”
  5. A testemunha faltou com a verdade.

 

2) A partir do entendimento do texto acima, cite três exemplos de metáfora e três exemplos de eufemismo e três exemplo de ironia, usados em mensagens curtas. Você pode pesquisar para responder essa questão.

 

3) Em postagens de redes sociais, infelizmente, é comum vermos algumas mensagens de incitamento ao ódio ou que inferiorize ou incite à violência contra uma pessoa ou grupo, tendo por base características como raça, gênero, etnia, nacionalidade, religião, orientação sexual ou outro aspecto passível de discriminação.

  1. Você já leu, em mensagens nas redes sociais, algum discurso que possa ser considerado de ódio? Como reagiu?
  2. Na sua opinião, como podemos combater os discursos de ódio que existem?
  3. Para você, qual é a diferença entre liberdade de expressão e discurso de ódio?
Comentários

     Nos textos argumentativos (que defendem um ponto de vista) é essencial a utilização de argumentos. Os argumentos são um meio usado para persuadir, ou seja, para tentar convencer alguém de uma opinião, fazendo com que esta pessoa mude de ponto de vista sobe um assunto.

     Os argumentos que se apresentam contrários ao ponto de vista defendido são chamados de contra-argumentos. Em nossa vida pessoal, a todo momento, estamos defendendo nossas opiniões, por isso a importância de estarmos sempre bem informados, por meio da leitura de notícias de fontes diferentes.

 Leia, com atenção, o texto abaixo:

 

ABORTO

       “É impressionante a ginástica que fazem os apoiadores do aborto no esforço de elaborar um consenso sobre o tema para convencer a opinião pública de que o aborto é um direito da mulher (como o artigo do doutor Aníbal Faúndes de 7/8).

       E o direito do nascituro? Não é preciso ser diplomada para saber que o feto não faz parte do corpo da mulher e que ele tem direitos como qualquer cidadão brasileiro.

       Os que apoiam o aborto deveriam gastar o seu precioso tempo para pressionar o governo em relação a políticas públicas que deem melhores condições de vida ao brasileiro pobre (saúde, educação, emprego).

                                                Fernanda Costa (Jacareí, SP)

 

a) Trata-se de um texto argumentativo, pois a autora defende uma tese (opinião) sobre um assunto polêmico. Qual é a tese que está sendo defendida no texto?

b) Quais os principais argumentos utilizados pela autora para defender sua tese?

c) Você considera esses argumentos consistentes? Por quê?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

PRODUÇÃO DE TEXTO

      A partir da discussão proporcionada pelo exercício 3, deste roteiro de estudos, e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto de opinião, na norma padrão da língua portuguesa, sobre o tema: “O discurso de ódio no Brasil: intolerância ou liberdade de expressão?”

      Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista. Desenvolva o texto em seu caderno e apresente um título criativo.

Comentários