Átomo

 

     Os átomos são partículas infinitamente pequenas que constituem toda matéria no universo. Ao longo do tempo, a ideia de como seria a estrutura atômica foi mudando de acordo com as novas descobertas feitas pelos cientistas.

     Um modelo é uma representação da realidade (não a própria realidade), assim, os modelos atômicos são representações dos principais componentes do átomo e de sua estrutura e explicam determinados comportamentos físicos e químicos da matéria. Isso é feito porque ainda não é possível ao ser humano enxergar um átomo isolado nem mesmo com ultramicroscópios.

Modelos Atômicos

     A estrutura e composição do átomo, estudadas atualmente, levaram algum tempo até serem desenvolvidas. Após muitos questionamentos e debates ao longo dos séculos XVIII e XIX, o modelo atual foi estabelecido. Entretanto, alguns modelos ainda sofrem constantes alterações debates nos pesquisadores contemporâneos. Nos próximos tópicos, confira, em ordem cronológica, as teorias mais conhecidas e melhor aceitas pela comunidade científica:

•    Modelo de Dalton (bola de bilhar) – 1803: John Dalton, no início dos trabalhos, considerou a teoria de Leucipo e Demócrito bastante lógica. Neste exemplo, tais estudiosos concluíram que os átomos eram as menores unidades de matéria possíveis, confirmando que era impossível fazer outras divisões.

•    Modelo de Thomson (pudim de passas) – 1897: Logo depois, o modelo atômico de Dalton foi considerado obsoleto. Com a descoberta dos elétrons, partícula de carga elétrica negativa, foi a vez de destacar o novo modelo de Thomson, chamado de "pudim de passas", por se assemelhar a este tipo de doce. Nesta hipótese, o átomo seria como um círculo composto por cargas positivas, impregnado de carga de elétrons negativas, fazendo com que o átomo se tornasse neutro.

•    Modelo de Rutherford-Bohr (sistema planetário) -1908-1910: Para chegar a uma conclusão e refutar os experimentos anteriores, o pesquisador simulou um sistema planetário. Rutherford lançou partículas alfa através de uma lâmina de ouro e verificou que a maioria delas atravessava a lâmina. Uma porção menor sofreu um pequeno desvio e uma quantidade irrisória sofreu um grande desvio. Com esta experimentação, Bohr quis explicar que o átomo não era maciço e, além disso, possuía um grande espaço vazio. Boa parte da sua massa fica aglomerada no centro do átomo e as regiões periféricas ficam vazias.

•    Teoria de Bohr: Dois anos depois da descoberta de Rutherford, Niels Bohr aperfeiçoou esse modelo. Ele concluiu que os elétrons formam órbitas estacionárias, o que significa dizer que eles simulam um movimento ao redor do núcleo, com energia fixa e determinada.

Comentários

Após a leitura do texto, pense e responda no seu caderno os exercícios a seguir:

1. Assinale a alternativa que completa melhor os espaços apresentados na frase abaixo:

“O modelo de Rutherford propõe que o átomo seria composto por um núcleo muito pequeno e de carga elétrica ......., que seria equilibrado por …..., de carga elétrica ......., que ficavam girando ao redor do núcleo, numa região periférica denominada ........”.

(A) neutra, prótons, positiva e núcleo.

(B) positiva, elétrons, positiva, eletrosfera.

(C) negativa, prótons, negativa, eletrosfera.

(D) positiva, elétrons, negativa, eletrosfera.

2. Em relação ao modelo atômico de Rutherford, julgue os itens a seguir como verdadeiros ou falsos:

(  ) Esse modelo baseia-se em experimentos com eletrólise de soluções de sais de ouro.

(  ) Ele apresenta a matéria constituída por elétrons em contato direto com os prótons.

(  ) Segundo esse modelo, só é permitido ao elétron ocupar níveis energéticos nos quais ele se apresenta com valores de energia múltiplos inteiros de um fóton.

(  ) Esse modelo é semelhante a um sistema planetário, em que os elétrons distribuem-se ao redor do núcleo, assim como os planetas em torno do Sol.

3. Uma importante contribuição do modelo de Rutherford foi considerar o átomo constituído de:

(A) uma estrutura altamente compactada de prótons e elétrons.

(B) um núcleo de massa desprezível comparada com a massa do elétron.

(C) uma região central com carga negativa chamada núcleo.

(D) um núcleo muito pequeno de carga positiva, cercada por elétrons.

4. O átomo de Rutherford (1911) foi comparado ao sistema planetário (o núcleo atômico representa o sol e a eletrosfera, os planetas). Eletrosfera é a região do átomo que:

(A) contém as partículas de carga elétrica negativa.

(B) contém as partículas de carga elétrica positiva.

(C) contém nêutrons.

(D) contém prótons e nêutrons.

5. Ao longo dos anos, as características atômicas foram sendo desvendadas pelos cientistas. Vários foram os colaboradores para o modelo atômico atual, dentre eles Dalton, Thomson, Rutherford e Bohr.

Abaixo você tem a relação de algumas características atômicas, especifique o cientista responsável por cada uma destas teorias:

I. O átomo é comparado a uma bola de bilhar: uma esfera maciça, homogênea, indivisível, indestrutível e eletricamente neutra. ___________________

II. O átomo é comparado a um pudim de ameixas: uma esfera carregada positivamente e que elétrons de carga negativa ficam incrustados nela. ________________

III. Átomo em que os elétrons se organizam na forma de camadas ao redor do núcleo. ________________

III. Átomo que apresenta um núcleo carregado positivamente e ao seu redor gira elétrons com carga negativa. ________________

Comentários