Curriculo+

Lançada em fevereiro de 2014, a iniciativa Currículo+ desdobra-se a partir de uma plataforma online de conteúdos digitais (vídeos, videoaulas, jogos, animações, simuladores e infográficos), articulados com o Currículo do Estado de São Paulo e disponibilizados por meio de um processo de curadoria realizado por uma equipe composta por Professores Coordenadores de Núcleo Pedagógico de diversas Diretorias de Ensino da Rede, representantes de todos os níveis de ensino e disciplinas do Currículo.

O Currículo+ visa incentivar a utilização da tecnologia como recurso pedagógico articulado ao Currículo do Estado de São Paulo para inspirar práticas inovadoras em sala de aula a fim de promover maior motivação, engajamento e participação dos alunos com o processo educativo, visando, prioritariamente, o desenvolvimento da aprendizagem.

Objetivos específicos

• oferecer aos professores recursos pedagógicos digitais, articulados com o Currículo, assim como formação e orientação para implementação, para tornar as aulas mais contextualizadas, significativas, interativas e personalizadas;

• disponibilizar ao aluno recursos digitais para reforçar, recuperar ou complementar seus estudos, dentro ou fora da escola;

Abrangência

Todos os Ciclos escolares e disciplinas correspondentes ao Currículo do Estado de São Paulo estão contemplados no Currículo+.

Quais tipos de conteúdo compõe o “acervo” de sugestões do Currículo+? 

• Conteúdo de acesso gratuito (com licença “aberta” ou protegido nos termos da Lei de Direito Autoral – Lei 9.610/98), selecionados e sugeridos por professores da Rede Estadual de Ensino de São Paulo;

Em pleno respeito aos termos da Lei de Direito Autoral, para estes tipos de conteúdo, os links de origem (endereço web) são indicados na plataforma, e o acesso ocorrerá na fonte original do objeto digital de aprendizagem – para mais detalhes sobre este procedimento, veja os Termos de Uso do Currículo+.

• Conteúdo construído por educadores (ou alunos) da Rede Estadual de Ensino de São Paulo;
• Conteúdo produzido e/ou contratado pela/para a Secretaria da Educação ou cedido para a Secretaria por terceiros.

Os conteúdos digitais poderão estar tanto em formato interativo como estático.

Quem “sugere” os conteúdos?

As sugestões, sempre com o caráter de “recurso pedagógico complementar”, são realizadas por uma equipe de “assistentes de seleção de conteúdo digital”. Esta equipe é formada por Professores Coordenadores do Núcleo Pedagógico (PCNP) da Rede de Ensino Estadual de São Paulo, selecionados, formados e acompanhados pela Secretaria da Educação ao longo da realização do trabalho. Clique aqui para conhecer a equipe. Demais educadores da Rede (como por exemplo, professores em sala de aula), alunos, ou outros usuários da plataforma, poderão recomendar conteúdos para análise da equipe responsável pelas sugestões de conteúdo. [clique aqui para saber mais sobre a recomendação de conteúdos para curadoria] Cada PCNP, ao participar do projeto, assume a responsabilidade pelas suas sugestões de conteúdo (o nome do profissional que sugere o conteúdo é indicado na ficha técnica do objeto). Qualquer atuação não condizente com as diretrizes do projeto será analisada pela Secretaria da Educação e os devidos encaminhamentos serão realizados pela Pasta.

Acesse a página aqui